O Que é Landing Page: O Guia Completo Para Leigos

Facebook Linkedin Pinterest

Hoje em dia um termo muito usado na Internet é o termo “landing page”. Mas afinal o que é uma landing page?

Neste artigo vou dar uma noção básica, bem simples e usando uma linguagem que todos possam entender, do que é e para que serve uma landing page.

Pequeno vocabulário

Tá bom! Eu disse que iria usar uma linguagem simples para que todos possam entender o artigo. Porém existem alguns termos que você precisa conhecer antes de continuar a leitura deste artigo. São eles:

  • lead – pessoa que mostra interesse no seu produto ou negócio
  • conversão – quando o lead se converte de interessado em comprador ou cliente
  • funil de vendas – todo o processo de venda que vai se estreitando, desde a aproximação com possíveis compradores, passando pelo convencimento e geração de leads, até a conversão de leads em compradores.
  • call to action (CTA) – chamada para uma ação que você quer que uma pessoa realize

Com estes termos você terá condições de entender este artigo sem dificuldades. No artigo Pequeno Vocabulário de Marketing Digital veremos um exemplo que vai deixar o significado de cada um deles mais claro.

Voltando ao que interessa

Quem tem um site geralmente quer atrair visitantes, gerar negócios, oportunidade, clientes. Uma das formas de se fazer isso é com conteúdo relevante ou com produtos que atraiam o visitante para o seu site. Conteúdo ou produtos que sejam úteis ou interessantes para alguém e que faça as pessoas visitarem o seu site e que estas pessoas se tornem seus clientes.

Isto é, o potencial cliente acessa o seu site onde conhece a sua empresa e o que ela oferece, fica interessado, é convencido a comprar e, assim, avança pelo seu funil de vendas e se transforma em um cliente de fato.

Mas temos um problema. Não basta que a pessoa visite o seu site, dê uma olhada e não volte mais. É preciso que você a convença a criar um vínculo com a empresa.

Você precisa gerar leads para o seu negócio. Precisa que as pessoas que visitem o seu site se tornem possíveis clientes para a sua empresa. Elas visitam o seu site mas você precisa que elas mostrem interesse em fazer negócios e a melhor forma de fazer isso é convencê-las a deixar alguma forma de você contactá-las. 

Mas como fazer isso? Como capturar o contato do visitante, fazer dele um lead e, quem sabe, dar o primeiro passo para conquistar um novo cliente? O segredo está em usar uma landing page para isto.

Afinal, o que é uma landing page

A landing page, também conhecida como página de aterragem e também por página de destino pode ter vários significados.

Para o Google Analytics, na versão em inglês, é a primeira página que um usuário acessa ao visitar o seu site. A primeira página que uma pessoa acessa quando visita o seu site pode ser a página de contatos, a de descrição da sua empresa ou a página de um produto e não necessariamente a homepage ou página principal do site.

Outro significado de landing page é o usado em marketing digital. Neste caso, uma landing page é uma página que tem como objetivo gerar leads e conversões.

No marketing digital, a landing page é uma página, por exemplo, que traz um formulário que dá acesso ao visitante a qualquer conteúdo que possa ser interessante para ele na forma de um ebook ou infográfico, mas para ter acesso a este conteúdo, o visitante tem que preencher um formulário deixando o seu nome e e-mail, tornando-se um assim um lead e iniciando uma relação com a empresa.

A landing page deve ter poucos elementos e geralmente possui apenas um call to action (CTA) de destaque, que serve para indicar a ação que você espera do usuário. Este CTA pode ser o botão que envia o formulário, por exemplo.

Quando uma landing page é bem feita, ela converte pessoas em oportunidades de negócio. Isto faz com que os visitantes não sejam apenas visitantes, mas clientes, leads e oportunidades.

Não basta apenas receber um grande número de visitantes no seu site, o que é bom, mas vê-los avançar no funil de vendas é ainda melhor.

Se você consegue as informações de contato do seu potencial cliente, pode se relacionar com ele e entender se ele tem mesmo o perfil de cliente que você deseja. Isto é, aqueles que já demonstraram que estão mais suscetíveis a fazer negócio com a sua empresa.

No fim das contas, tudo isso só traz ganhos em otimização de processos, estabelecimento de confiança e empatia.

Até o próximo artigo.

Jorge Rodrigues

Jorge Rodrigues

Webmaster e desenvolvedor web full-stack. Self-employed na Concepção Web. Técnico em processamento de dados, com especialização em Programação de Computadores, Redes Locais e em Protocolo e Cabeamento Estruturada de Redes Locais pela Universidade Estácio de Sá.

More Posts

Enviar
1
Envie a sua mensagem agora.
Olá!
Clique no botão abaixo para iniciar uma conversa.